SECRETARIA DE TURISMO E CULTURA DE CANELA APRESENTA:



TRANSFERIDO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2021

Tradicional evento de Canela, o Festival Internacional de Bonecos não ocorrerá em 2020. Entre os motivos do cancelamento estão as exigências sanitárias necessárias por conta da pandemia do coronavírus (Covid-19) como não aglomeração de pessoas e falta de recursos financeiros.
Inicialmente previsto para ocorrer de 15 a 18 de outubro e posteriormente transferido para o final de novembro como parte da programação do 33º Sonho de Natal, o Festival Internacional de Bonecos será realizado no primeiro semestre de 2021, mas a data ainda não foi definida. “Por enquanto, não se tem como reunir público, mesmo que seja ao ar livre. E teatro tem que ser feito ao vivo” comenta a curadora do Bonecos, Marina Gil. “Em 32 anos, o festival foi realizado de forma ininterrupta e só mesmo uma pandemia mundial para fazer com que não realizássemos o evento neste ano”, lamenta Marina.
Promovido anualmente pela Fundação Cultural e financiado pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, o Festival de Bonecos atrai milhares de turistas e diversos participantes para Canela. “Optamos por não fazer o Festival em 2020 exatamente porque a pandemia vem influenciando e cancelando outros vários eventos, além de estarmos com poucos recursos”, explica a presidente da Fundação Cultural, Glenda Viezzer.
Segundo ela, a verba que a Prefeitura de Canela disponibilizou para a realização do Bonecos foi transferida para o Sonho de Natal. “Temos consciência que o Sonho é o principal evento da cidade e precisa da maior visibilidade possível e como existe a possibilidade de fazer o Sonho sem aglomeração, não podemos deixar de apoiá-lo”, acrescenta Glenda.
Mesmo que a 32ª edição do Festival de Bonecos não ocorra neste ano, os apaixonados pela arte bonequeira poderão matar as saudades do evento por meio de um mini-documentário que está sendo produzido pela Fundação Cultural. “Esse material vai contar a trajetória do festival e será divulgado pelas redes sociais. Vai preencher a lacuna deixada pelo cancelamento do evento”, conta o conselheiro da entidade, Fernando Gomes. A previsão é de que o mini-documentário seja lançado entre o final de outubro e início de novembro.

JORNAL NOVA ÉPOCA – 31/07/2020

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google